Director Carlos Rosado de Carvalho

UNITA vai interpelar Ministro dos Transportes acerca da eventual privatização da TAAG

UNITA vai interpelar Ministro dos Transportes acerca da eventual privatização da TAAG
Foto: Quintiliano dos Santos

"A TAAG encontra-se num processo de transformação" que visa torná-la "numa empresa que prima pela excelência dos seus serviços", informou, o presidente da Comissão Executiva, Rui Carreira.

A União Nacional para a Independência Total de Angola (UNITA),o maior partido na oposição, admite chamar ao Parlamento o ministro dos Transportes, Ricardo d'Abreu, para dar explicações sobre o processo de privatização da TAAG.

Em declarações ao Expansão, o porta-voz do partido do "Galo Negro", Alcides Simões Sakala, disse que apesar de se tratar de "um processo normal", para a UNITA é necessário que o processo seja conduzido com "bastante responsabilidade e transparência", a julgar pela importância da companhia de bandeira nacional, enquanto uma das maiores empresas públicas do País.

Por essa razão, segundo Alcides Sakala, a sua privatização só será vantajosa, "se os governantes e quadros nacionais mudarem de mentalidade", oferecendo melhores condições aos clientes, "num quadro de competitividade com as companhias nacionais e estrangeiras".

De contrário, diz Sakala, "será um esforço inútil, enquanto a corrupção, o tráfico de influência e o deixa andar, continuarem a falar mais altos na gestão da coisa pública". (...)


(Leia o artigo integral na edição 494 do Expansão, de sexta-feira 12 de Outubro de 2018, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i