Director Carlos Rosado de Carvalho

Petróleo volta a baixar barreira dos 80 USD

Petróleo volta a baixar barreira dos 80 USD

Subida dos stocks nos EUA pela quarta semana consecutiva fez resvalar o valor do crude. OPEP aumentou a produção, com Angola a ser o terceiro país que mais contribuiu para essa subida.

O petróleo saiu da casa dos 80 USD e encontra-se a rondar os 79 USD. A matéria-prima, ao longo da semana, esteve a beneficiar das tensões entre os EUA e a Arábia Saudita, com alguns investidores a anteciparem possíveis sanções ao reino.

Contudo, a subida dos inventários petrolíferos dos EUA fez resvalar o valor do crude. Os inventários subiram pela quarta semana consecutiva, para 6,5 milhões de barris por dia (Mbpd), não obstante a quebra de produção resultante da passagem do furacão Michael.

Pondo em destaque o último relatório da OPEP, o cartel aumentou a sua produção em 132 mil bpd no mês de Setembro, apesar das quedas expressivas no Irão (150 mil bpd) e na Venezuela (42 mil bpd). Angola figurou entre os países da organização que mais elevaram a sua produção (57 mil bpd), atrás da Líbia (103 mil bpd) e da Arábia Saudita (108 mil bpd).

Cumpre notar que a OPEP foi responsável por 33,1% da oferta mundial, que rondou os 99 Mbpd, em Setembro. Entretanto, a Reserva Federal (Fed) dos EUA divulgou, nesta semana, a acta da sua última reunião, tendo indicado que deverá haver mais uma subida na taxa de juros este ano e, possivelmente, três incrementos no próximo ano. (...)

*Banco Angolano de Investimentos

(Leia o artigo integral na edição 495 do Expansão, de sexta-feira, dia 19 de Outubro de 2018, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i