Dezenas de bancos e entidades do Estado em risco de ficarem offline

Dezenas de bancos e entidades do Estado em risco de ficarem offline
Foto: D.R.

BAI, BFA e o BPC fazem parte da lista publicada esta sexta-feira, dia 10, pelo Ministério das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social e que estão em "risco iminente" de ficar sem o domínio "AO", por falta de pagamento. Algumas das empresas e organismos do Estado chegaram a ficar sem domínio, antes de conseguirem regularizar a situação. Nesses casos, os seus sites ficaram offline e deixaram de ter acesso ao e-mail

Entre os faltosos incluem-se duas dezenas de bancos, as duas principais operadoras de telecomunicações, a Unitel e a Movicel, a Angop, a Provedoria de Justiça e a própria entidade que regula o sector das telecomunicações, o INACOM.

"Esta situação criou um autêntico caos na banca esta manhã. Sem o domínio "AO", os bancos ficam impossibilitados de fazer transferências e outras operações que precisam do site operacional", explicou uma fonte ao Expansão, adiantando que esta é uma falha enorme de compliance, já que a quantia que têm de pagar é pequena.

A utilização do domínio "AO" está sujeita ao pagamento anual de 8 mil kwanzas ao Instituto Nacional de Fomento da Sociedade da Informação (INFOSI), entidade tutelada pelo Ministério das Telecomunicações, mas centenas de entidades não cumpriram, nem regularizaram os seus dados junto deste organismo.

Num comunicado, publicado esta manhã, o Ministério das Telecomunicações explica que a extensão "AO" é o "domínio primário da presença angolana na internet para sítios com endereço AO, o qual, conforme todas as suas congéneres no mundo, cumpre rigorosamente as regras internacionais na IANA.org, obrigando-se à correção obrigatória dos dados de titularidade de qualquer endereço registado".

"Se o seu endereço faz parte da lista seguinte, é porque foi detectado que o seu endereço está em situação irregular sendo este um comunicado de cortesia antes do desligamento definitivo do mesmo", avisa o comunicado.

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i