Director Carlos Rosado de Carvalho

Chinelos Mussulus são reis de uma marca que quer exportar

Chinelos Mussulus são reis de uma marca que quer exportar
Foto: Lídia Onde

Com ambição em inundar o mercado interno, mas também exportar, a Mussulus lançou-se ao desafio de fazer produtos totalmente made in Angola. Numa gama de produtos e acessórios de praia, reinam os chinelos. Da fábrica saem mensalmente 20 mil pares de chinelos para os pés dos angolanos. E não só.

Quem visita a Defedideias, na Maianga, Luanda, fica impressionado com a gama de produtos em exposição com a timbragem "fabricado em Angola", num espaço reduzido. O apartamento onde está situada a empresa serve de gabinete, armazém e, ao mesmo tempo, de fábrica dos produtos Mussulus, que inclui chinelos, saídas de praia, carteiras, entre outros acessórios, resultado de um investimento inicial superior a um milhão USD de capitais próprios.
Os 31 trabalhadores que asseguram a produção mensal de 20 mil pares de chinelos, desde 2015, auferem um salário médio de 70 mil Kz e trabalham com duas linhas de produção: uma para o material estampado e outra para o liso, ambos distribuídos nos supermercados Maxi e Alimenta Angola de Luanda, Benguela, Huíla e Cuanza Sul.
Os trabalhadores são o ponto forte de um colectivo que se juntou para produzir peças que "registam a angolanidade" e que permitem que as pessoas olhem para o produto e se sintam homenageados, como refere Cilene Correia, fundadora e administradora da empresa. Cada peça tem um símbolo angolano, seja a imagem do pensador, seja de uma palmeira.
Depois de se lançar no mercado com a produção de peças exclusivas e limitadas em ouro, prata e porcelana para assinalar efemérides nacionais, como os 40 anos da Independência, a empresária decidiu criar a linha Mussulus para "estar mais próximo das massas". O nome foi escolhido em homenagem à ilha "paradisíaca" que qualquer pessoa que visita Luanda quer conhecer.

(Leia o artigo na integra na edição 467 do Expansão, de sexta-feira 06 de Abril de 2018, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i