Director Carlos Rosado de Carvalho

Desvalorização do Kwanza perto da meta do Governo para 2018

Desvalorização do Kwanza perto da meta do Governo para 2018
Foto: Lídia Onde

Contas a partir de dados da dívida governamental no final de 2018 revelam que o Executivo programou o ano com uma taxa de câmbio de 218,7 Kz por USD. Barreira já foi testada e a manter-se a tendência deverá ser superada no final do mês. Especialistas calculam que 2018 vai encerrar com uma taxa de câmbio média de 250 Kz por USD.

O dólar atingiu os 218,2 Kz na primeira semana de Abril, atingindo em apenas três meses a taxa de câmbio média com que o Governo trabalhou na elaboração do Orçamento Geral do Estado que ronda os 219 Kz por USD.
Em Janeiro, o Ministério das Finanças (MinFin) avançou ao Expansão que, no final de 2018, o stock da dívida governamental deverá ascender a 59 mil milhões USD, contravalor de 12,9 biliões Kz. Dividindo o valor em Kz pelo montante em USD concluiu-se que o Executivo estava a perspectivar uma taxa de câmbio média para o ano em curso na ordem dos 218,7 Kz por cada dólar. Na altura a taxa de câmbio era de 185 Kz por dólar e previa-se que até final do ano o Kz deveria desvalorizar pelo menos 15%, enquanto o dólar iria valorizar 17,5%.
O Executivo pretendia com esta alteração cambial diminuir o "gap" entre a taxa de câmbio formal e a informal e conseguiu, apesar de passados pouco mais de três meses esse diferencial continuar elevado. Actualmente, nas ruas da capital do País o dólar é vendido a 410 Kz, enquanto a taxa de câmbio formal anda nos 216,7 Kz, representando um "gap" de 89,2%. Em Janeiro, antes do banco central alterar a sua moeda de referência do dólar para o euro, uma alteração prevista no Programa de Estabilidade Macroeconómico (PEM), o "gap" era de 186%,pois cada nota de um dólar valia 166 KZ no mercado formal, ao passo que no mercado paralelo era vendida a 475 Kz.

(Leia o artigo na integra na edição 468 do Expansão, de sexta-feira 13 de Abril de 2018, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i