Reunião do Comité de Política Monetária do BNA reúne hoje sob cenário de deterioração da actividade económica

Reunião do Comité de Política Monetária do BNA reúne hoje sob cenário de deterioração da actividade económica
Foto: D.R.

A deterioração da actividade económica, a descida das Reservas Internacionais Brutas e o aumento dos níveis de pressão dos preços dos bens junto dos consumidores serão hoje avaliados na reunião do Comité de Política Monetária do Banco Nacional de Angola (BNA), órgão de apoio às decisões do governador.

Fortemente afectada pelos efeitos da Covid-19, o órgão vai avaliar o comportamento dos principais indicadores económicos verificados nos meses de Julho e Agosto, ainda muito influenciados por uma economia vulnerável às variações, tanto a nível da conta corrente, como da conta financeira, o que provoca efeitos adversos na balança interna de pagamentos.

Recorde-se que na última reunião, o comité registou um stock das Reservas Internacionais Brutas, do mês de Junho, fixado em 15,58 mil milhões de dólares, ligeiramente abaixo dos 16,26 mil milhões registados em Maio. Naquela altura, as reservas correspondiam a um grau de cobertura de 11,76 meses de importações de bens e serviços.

Já as Reservas Internacionais Líquidas (RIL) situaram-se em 10,41 mil milhões de dólares, face aos 10,24 mil milhões apurados em Maio, que corresponde a um aumento de 166,67 milhões de dólares.

É com base nos indicadores do Instituto Nacional de Estatística (INE) que o BNA avalia a aceleração ou desaceleração da inflação, depois de no primeiro trimestre ter denotado a deterioração da actividade económica, face ao período homólogo de 2019, com uma queda de 1,8 por cento do PIB real, situação que prevaleceu também no segundo trimestre.

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i