Angola LNG já produz 90% do gás consumido em Angola

Angola LNG já produz 90% do gás consumido em Angola
Foto: D.R.

O Projecto Angola LNG já é responsável por 90% do gás de cozinha (GPL) consumido no país sendo que os restantes 10% estão divididos entre as Refinarias de Luanda e da Topping em Cabinda , refere em relatório o Instituto Regulador dos Derivados de Petróleo. Ainda de acordo com o documento a Sonagás, Subsidiária da Sonangol E.P. mantém a liderança das vendas de gás pelo país representando uma quota de mercado 81,9%.

Os restantes 18,1% estão distribuídos pelas empresas Saigás, Gastem e Canhongo Gás.

Relativamente ao consumo de GPL, Luanda continua a liderar (61%), Benguela é a segunda maior consumidora (10%), seguem-se as províncias da Huíla (6%), Huambo (4%) e Cabinda, representando as 5 aproximadamente 81% do consumo nacional. As restantes 13 províncias respondem por apenas 18% do consumo de gás em Angola.

Resultante de um investimento de 12 mil milhões USD, o projecto de LNG de Angola foi construído para criar valor a partir de recursos de gás extraídos do offshore, e é um dos maiores investimentos na indústria de petróleo e gás angolano.

O projecto resulta de uma parceria entre a petrolífera estatal Sonangol e as multinacionais Chevron, BP, Eni e Total. A parceria permite a recolha e processamento de gás e entrega de 5,2 milhões de toneladas de Gás Natural Liquefeito (LNG) por ano ao mercado global.

Além disso, o projecto fornece gás natural ao mercado interno para ajudar a atender às necessidades industriais e energéticas locais; o Angola LNG também produz propano, butano e condensado.

Embora a agência internacional de energia e as multinacionais observem o gás como o substituto natural do petróleo enquanto combustível fóssil em termos de investimento, receita e consumo, em Angola este comoditie ainda tem um peso quase insignificante nas receitas do sector de petróleo e gás.

(Leia o artigo integral na edição 613 do Expansão, de sexta-feira, dia 26 de Fevereiro de 2021, em papel ou versão digital com pagamento em Kwanzas. Saiba mais aqui)

Partilhar no Facebook

Comentários

Destaques

ios Play Store Windows Store
 
×

Pesquise no i