Saltar para conteúdo da página

EXPANSÃO - Página Inicial

Gestão

Employer Branding e a pesca de talentos

CAPITAL HUMANO

De um modo simples, uma estratégia de EB é uma abordagem da marca da empresa que tem como objectivo tratar os colaboradores como clientes, a fim de promover benefícios para os funcionários, gerando em simultâneo uma imagem positiva da empresa e uma procura pela empresa por parte dos talentos externos.

A atracção de candidatos continua a ser um dos maiores desafios para os Gestores de RH no que toca ao Employee Life Cycle. Na verdade, os desafios associados ao processo de atracção de candidatos têm vindo a aumentar a cada dia, uma vez que boa parte dos profissionais, nos dias de hoje, independentemente da sua localização geográfica, tem vindo a valorizar cada vez mais o equilíbrio entre a vida pessoal e a profissional, dando prioridade aos regimes de trabalho alternativos (part- -times), proporcionando-lhes mais tempo para estarem com as suas famílias, fazerem formações de interesse pessoal, terem tempo para os seus hobbies, exercícios físicos, cuidarem da sua saúde física e mental e, não menos importante, tempo para o descanso.

Este fenómeno vem reforçar a importância de os Gestores de RH definirem estratégias eficientes, para atrair os talentos que desejam. Actualmente, temos uma série de iniciativas que podem ajudar os gestores de RH neste sentido, mas tenhamos em atenção que não me refiro à necessidade óbvia de ter o perfil do candidato bem definido, contratar com base nas qualificações e de ter um pacote salarial atractivo, mas sim da necessidade de iniciativas e de estratégia de Employer Branding (EB).

De um modo simples, uma estratégia de EB é uma abordagem da marca da empresa que tem como objectivo tratar os colaboradores como clientes, a fim de promover benefícios para os funcionários, gerando em simultâneo uma imagem positiva da empresa e uma procura pela empresa por parte dos talentos externos.

Por outras palavras, uma boa estratégia de EB deve ter a capacidade de transmitir para o exterior o que faz da sua empresa um lugar atractivo para se trabalhar. Quando a estratégia de EB consegue transmitir para o mercado de trabalho que é realmente um bom local para se trabalhar, devido à variedade de vantagens que oferece aos seus colaboradores, os profissionais mais talentosos do mercado disputam as suas vagas e os seus colaboradores dão o máximo de si, a fim de permanecerem na equipa, trazendo uma série de vantagens como: maior capacidade de atracção e retenção de talentos, fortalecimento da marca empregadora, maior produtividade, aumento da competitividade da empresa no mercado e mais comprometimento organizacional.

No entanto, para praticar o EB, os Gestores de RH precisam definir iniciativas coerentes e que se interliguem entre si, assegurando uma série de práticas inovadoras, como:

1. Horários flexíveis.

2. Políticas de apoio social.

3. Salários competitivos e regalias que sejam realmente atractivas.

4. Liderança inclusiva.

5. Valorização pessoal.

6. Uma cultura organizacional forte e documentada.

7. Um clima organizacional saudável.

8. Oportunidades de carreira.

9. Abertura para iniciativa, criatividade e inovação.

10. A presença constante em feiras de talento.

Então, se é um Gestor de RH e está entre as pessoas que também andam nesta busca incessante de "melhores" talentos do mercado, comece já a pensar em implementar uma estratégia ou algumas práticas de EB.

Para concluir, deixo o passo a passo para construir uma estratégia de Employer Branding (EB):

1. Defina o seu público-alvo.

2. Analise bem a situação actual da sua empresa.

3. Defina a situação desejada.

4. Defina os seus objectivos de forma SMART (atrair, reter e motivar).

5. Crie uma Proposta de Valor para o Colaborador diferenciada (PVE).

6. Defina os seus canais e formas de divulgação (internos e externos).

7. Conduza acções internas que convertam os colaboradores em embaixadores da marca.

8. Conduza acções externas necessárias para transmitirem a imagem atractiva que deseja.

9. Faça o monitoramento e a avaliação periódica das suas acções.

Procure menos, e faça com que os seus talentos o encontrem!