Saltar para conteúdo da página

EXPANSÃO - Página Inicial

Angola

CNE não avança qualquer prazo para a divulgação de resultados

Eleições 2022

Perguntado por vários jornalistas e de diversas formas, Lucas Quilondo, porta-voz da CNE, escudou-se sempre na extensa dimensão territorial, nas condições de escrutínio e no tempo necessário, para não avançar qualquer prazo para a divulgação dos resultados. Apenas reafirmou que a lei prevê a divulgação de resultados parciais.

Da mesma forma não avançou dados sobre a abstenção, justificou os horários de fecho das mesas com a nova lei, explicou que não houve qualquer reclamação oficial sobre a credenciação dos delegados, mas foi longe e confirmou mesmo que a CNE não tem conhecimento oficial de qualquer irregularidade durante o processo. E caracterizou mesmo este processo eleitoral, "como um sucesso retumbante".

Sobre a divulgação de resultados, que é o que agora assume particular importância, Lucas Quilondo referiu diversas vezes que o processo de contagem é interrupto, que não é possível prever quando serão publicados os primeiros resultados, lembrando também que cabe apenas à CNE a divulgação dos mesmos, e que outros que possam ser publicados por outras entidades não têm qualquer valor ou legalidade.

Sobre a questão de vídeos postos a circular nas redes sociais que mostravam possíveis irregularidades, ou sobre a história avançada pela TPA de delegados da UNITA que tinham sido presos com actas falsas em Nambuangongo, reafirmou que a instituição não recebeu qualquer queixa de forma oficial, e aproveitou este desconhecimento para fazer qualquer comentário.

Sobre a contagem dos votos, dúvidas face à marcação nos boletins da intenção de voto dos cidadãos, lembrou também que as reclamações têm que ser feitas nas mesas de voto, sobem para as Comissões Provinciais, depois para o plenário da CNE, e se ainda assim os concorrentes não sentirem que se fez justiça, entram em contencioso, passam para o Tribunal Constitucional, um processo cujos actos estão previstos na lei.

Resumindo, e de acordo com a CNE, não há qualquer prazo para a apresentação, serão divulgados quando esta instituição assim quiser, e o processo foi um sucesso. Resta-nos esperar pelos próximos dias e exigir a todos os envolvidos que portem com civismo e bom senso quando os resultados forem conhecidos.